Etiqueta: composto

Hoje ao fim do dia, resolvi fazer uma tarefa que estou sempre a adiar: revirar a pilha de composto. É daquelas actividades que evitariam gastar tempo no ginásio a muito boa gente, mas cada um é que sabe. Enfim, revirei um terço do total, se tanto. Ficou de noite e o resto só de galochas porque tenho de ir para dentro do primeiro compostor, para o meio da bicharada. Para revirar o composto utilizo uma forquilha Bulldog, super-forte.
Esta semana li um artigo no site Gardenista com 10 coisas que não nos dizem sobre o composto. Aqui ficam os meus comentários e a minha própria lista:

  1. É verdade que o composto pode demorar dois anos a estar pronto, basta a mistura não ser a ideal, ter pouco ar ou excesso de material lenhoso. O meu nunca demorou mais de um ano, mas no fim é peneirado e o tal material lenhoso volta para a pilha. O que eu nunca vi, foi composto ao fim de um mês, ou três meses.
  2. Realmente nunca coloquei o cotão da máquina de lavar ou secar no composto e não vou arriscar. As roupas estão cheias de fibras estranhas.
  3. No campo, ou em ambientes mais rurais eu diria que é inevitável ter ratos e outros animais no composto. Mesmo na cidade, já tive ratos não porque houvesse restos de comida no compostor, mas apenas por ser quente e um local abrigado.

Afinal comentei pouco.

Link de interesse

10 Things Nobody Tells You About Compost

Quando escurece, consegue-se ouvir a actividade na pilha de composto. Milhares de insectos a caminhar e mastigar ao mesmo tempo.

Compostor

Acabei de arrancar todos os pés de tomateiro que restavam. Também podei fortemente o maracujá porque é necessário pintar a estrutura, mas estava cheio de flores e frutos verdes. O primeiro compostor está cheio, o segundo está quase todo vazio porque já peneirei o composto quase todo para o terceiro.

Composto
Composto quase pronto.

Ando a revirar aos poucos a pilha do segundo compostor para o terceiro, mas o composto aparece húmido logo abaixo da superfície, mesmo nestes dias de imenso calor. Uma prova que cobrir o solo com alguns centímetros de composto retém a humidade do solo. A principal razão porque não reviro o composto húmido é a perturbação de imensas minhocas.

Composto 1
Primeiro compostor a encher rapidamente.
Composto 2
Segundo compostor com composto praticamente pronto.
Composto 3
Terceiro compostor com algum composto pronto.

Peneirei composto pronto para o terceiro compostor, o material que eventualmente aparece ainda por compostar, volta para o primeiro. Nos dois últimos compostores coloquei uma chapa por cima para não deixar nem encharcar nas chuvas, nem secar demasiado no Verão — na verdade a experiência que tenho é que não seca, ainda hoje só peneirei uma camada muito superficial porque ficou húmido logo a poucos centímetros.