Etiqueta: culinária

Secar tomates ao Sol

Secar tomates 'Coração-de-boi'

Um dia realmente quente e seco, com a temperatura acima dos 30ºC é o ideal, mas não sendo possível, os tomates podem demorar até duas semanas para ficarem completamente secos.
Cortam-se os tomates a meio ou em quatro partes, os ideais são os oblongos tipo S. Marzano ou Roma e retiram-se as sementes1. Colocam-se os tomates numa grelha com a pele virada para baixo, simples ou temperados com ervas à sua escolha. Não devem tocar-se e o ar deve poder circular livremente em volta.

Notas pessoais

Agosto de 2019

Sequei ‘Coração-de-boi’, que é pau para toda a colher. Não retirei as sementes e temperei com pimenta preta moída e folhas de manjericão ‘Aroma 2’. Ao terceiro dia deitei quatro fora com bolor. No quarto dia deitei tudo no composto.

  1. Que podem ser colocadas num frasco e utilizadas para acrescentar sabor a vários pratos, ou fazer molhos []

Clover Club

Ingredientes

  • 60ml de gin
  • 1 clara de ovo
  • 15ml de sumo de limão fresco
  • 15ml de xarope de framboesa
  • Algumas framboesas

Coloque todos os ingredientes com gelo num shaker e agite.
Coe para um copo gelado e decore com três framboesas.

Gin Tónico Framboesa

Gin tónico framboesa
O copo é Bloomix.

Esta bebida revelou-se deveras agradável e fresca, vale a pena experimentar.

Indredientes

  • 250g de framboesas frescas
  • 50g de açúcar
  • 700ml de gin (utilizei Bombay Sapphire)

Coloque todos os ingredientes num recipiente de vidro, tape e agite. Deixe num local escuro e fresco durante 15 dias, mexendo ocasionalmente antes de coar e engarrafar.

Para um Gin Tónico Framboesa

Uma parte de Gin Framboesa para três partes de água tónica. Enfeite com framboesas frescas.

Xarope de framboesa

Uma forma bastante fácil de conservar framboesas. Eu utilizo nos iogurtes naturais, panna cotta, gelado ou refresco bem gelado.

Ingredientes

  • 500g de framboesas frescas
  • 500g de açúcar
  • Três colheres de sopa de vinagre tinto

Xarope de framboesa

Colocam-se as framboesas numa panela, junto com o açúcar e o vinagre. Mexe-se durante 10 minutos em lume brando até ficar suave. Passa-se por um coador para retirar a maior parte das sementes.
Lavam-se as sementes do coador numa taça com 300ml de água para retirar toda a polpa e côa-se outra vez. Leva-se tudo ao lume novamente e deixa-se ferver bem durante um minuto. Depois de arrefecer é melhor armazenar em pequenas garrafas esterilizadas onde se conservará durante alguns meses. Depois de abrir guarda-se no frigorífico.

Preservar manjericão

Manjericão-vermelho
Manjericão-vermelho, Ocimum basilicum ‘Atropurpureum’.

Manjericão é delicioso, relativamente fácil de cultivar e muito nutritivo, mas só o podemos ter fresco no jardim durante um curto espaço de tempo e como acontece com outras plantas, por vezes está pronto a colher todo de uma vez. Felizmente existem várias formas de o preservar para o resto do ano.

Secar

Não se deve amarrar o manjericão pelos caules como por exemplo a alfazema. Em vez disso, separam-se as folhas, lavam-se e colocam-se numa rede ou superfície absorvente (uma toalha ou papel de cozinha). Virar as folhas diariamente até ficarem quebradiças. Guardar num recipiente hermético.

Congelar

Separam-se as folhas dos caules e lavam-se, depois espalham-se para secarem ao ar durante meia hora. Colocam-se em camadas num saco para congelar e no congelador.

Puré

Também se separam as folhas dos caules e lavam-se, depois espalham-se para secarem ao ar durante meia hora. Colocam-se as folhas numa picadora durante poucos segundos. Adiciona-se alguma água e pica-se outra vez até formar uma pasta. Deita-se este líquido em formas para cubos de gelo e depois de congelado retira-se das formas e guardam-se os cubos no congelador.

Manjericão-vermelho
Devemos deixar alguns pés florir, para recolhermos as sementes da próxima época.