Etiqueta: forest flame

Pieris japonica 'Flaming silver'
Pieris japonica ‘Flaming silver’, à direita o ‘Forest flame’, bastante menor. No meio Carex buchananii,

Este ano o que mais fiz foi arrancar ervas, ainda bem que para mim é uma actividade calmante. Portanto, andei a arrancar ervas no Jardim Branco, cortar e apanhar plantas secas e varrer folhas.
Depois transplantei um dos vasos de Chagas, Tropaeolum majus L. para um maior. Já dei alguns e dois vou levar para o escritório. Plantei uma taça grande que por aqui andava (chegou a ter Sempervivum) com três Citronela, Cymbopogon winterianus, uma Stevia rebaudiana e dois Tomilhos ‘Creeping red’. a ver o que dá. Também para vasos maiores a Pieris japonica ‘Forest flame’ e ‘Flaming silver’, que estão agora no Jardim do Lago.

Fui ao Flor do Norte e…

  • 2 Coentro, Coriandrum sativum
  • 3 Pieris japonica ‘Sarabande’
  • 2 Pieris japonica ‘Debutante’
  • 1 Pieris japonica ‘Temple bells’
  • 1 Pieris japonica ‘Forest flame’

Pieris japonica
A Pieris japonica ‘Forest flame’ é a terceira e última tentativa. Tive um sucesso espectacular em vaso no primeiro ano e foi tudo. As outras Pieris são para o Jardim Branco (finalmente plantas brancas que eu gosto, espero que se dêem bem). A mais bonita é a ‘Temple bells’ mas era a única disponível e em vaso maior, e eu gosto de favorecer as plantas pequenas, são mais baratas e adaptam-se melhor. E crescem num instante aqui.
Também comprei dois sacos de perlite.

Echium candicans
Echium candicans.

Junto da lavandaria, segunda tentativa para um Pieris japonica ‘Forest flame’. Em frente à porta lateral outra Rudbeckia nitida ‘Herbstsonne’.
No Jardim Branco, junto ao Philadelphus outra Dália ‘My Love’.
No Jardim do Lago, plantei finalmente mais oito Bidens ferulifolia. Também transplantei a Nandina domestica ‘Obsessed seika’ que estava abafada pelo Echium candicans e um Pennisetum × advena para dar lugar à Nandina. O Echium candicans está incrível.

Limoeiros
Acer ‘Beni-maiko’ e limoeiros no quintal.

No Flor do Norte comprei além de um vaso italiano grande:

  • 1 Pieris japonica ´Forest flame’ (já tive um, morreu)
  • 5 Bidens ferulifolia (quero mais oito)
  • 1 Salix caprea ‘Kilmarnock’
  • 1 Videira, Vitis vinifera ‘Red globe’ (depois de muito escolher, fui para o vulgar)
  • 30 Ranúnculos brancos

Esta semana vai estar boa para tratar do jardim.

Semeei todas as sementes de malaguetas (Capsicum annuum) que chegaram da South Devon Chilli Farm e ainda a malagueta ‘Sucette de Provence’ que cultivei o ano passado.

  • ‘Cherry bomb’
  • ‘Chilly chilli’
  • ‘Golden cayenne’
  • ‘Joe’s long’
  • ‘Paper lantern habanero’
  • ‘Ring of fire’
  • ‘Santa Fe grande’
  • ‘Sweet banana’
  • ‘Twilight’
  • ‘Trinidad perfume’ (esta é Capsicum chinense)

No quintal plantei três pés de Courgette ‘Soleil’.
No Jardim do Lago infelizmente tive de mudar o Pieris japonica ‘Forest flame’ porque não aguenta este Sol. No seu lugar um Echium candicans que retirei de um vaso. Ao contrário do Pieris que aparentemente não desenvolveu uma única raíz, o Echium já estava cheio de raízes novas.